Barbieheimer: 4 pontos em comum entre os filmes mais esperados do ano

Barbie e Oppenheimer

Compartilhe

Filmes estreiam em 20 de julho nos cinemas

De um lado, o mundo cor de rosa da boneca mais famosa do mundo. Do outro, o universo sombrio do criador da bomba atômica. Estas são as premissas dos dois filmes mais esperados do ano: o live-action da Barbie e o novo filme de Christopher Nolan, Oppenheimer.

“Barbieheimer” (palavra que une o nome dos dois filmes) virou meme nas últimas semanas e, ao mesmo tempo em que a internet busca criar uma rivalidade entre ambos os filmes, a verdade é que as pessoas envolvidas neles (atores, diretores, produtores e o próprio público) defendem que ambos devem ser vistos, independente da ordem.

- PUBLICIDADE -

Além da data de estreia mundial dos filmes (que estreiam em 20 de julho), as produções possuem mais pontos em comum do que você imagina. E aqui, destaco quatro destes pontos para ficar de olho e escolher qual deles vai assistir primeiro:

Barbie Oppenheimer

1 – ROTEIROS PROMISSORES

Quando a atriz Margot Robbie leu o roteiro de “Barbie”, ela disse que ele era muito bom e chegou a cogitar a possibilidade dele nunca sair do papel, por achar que nenhum estúdio apostaria na proposta do filme. No entanto, outros atores do elenco também fizeram comentários parecidos sobre a premissa ousada, criativa e interessante do roteiro, assinado por Noah Baumbach (de “A História de um Casamento”) e sua esposa, Greta Gerwig (também, diretora do filme).

Cillian Murphy, o astro de “Oppenheimer”, disse que o roteiro do filme é o melhor que ele já leu na vida e que o que Christopher Nolan faz no filme, mexerá com a cabeça das pessoas. Nolan (que também assina outros sucessos como “A Origem” e “Interestelar”) diz que pela primeira vez, escreveu um roteiro em primeira pessoa, ou seja, a história toda será contada a partir do ponto de vista do físico J. Robert Oppenheimer, que trabalha com uma equipe de cientistas durante um projeto que leva ao desenvolvimento da bomba atômica.

- PUBLICIDADE -

2 – ELENCO ESTELAR

Além disso, se tem algo que nenhum dos dois filmes poupou, foi a quantidade de estrelas em seus elencos. Além da já citada Margot Robbie, Ryan Gosling, Simu Liu, America Ferrera, Emma Mackey e até mesmo a cantora Dua Lipa, entre outros nomes, estão em “Barbie”. Já Robert Downey Jr., Florence Pugh, Emily Blunt, Matt Damon e companhia, foram escalados para defender o time de “Oppenheimer”. 

Assim, tem talento pra dar e vender (e imagine só, a folha de pagamento destas produções).

3 – DIRETORES CONCEITUADOS

Defendendo diferentes estilos, Christopher Nolan e Greta Gerwig, possuem prestígio na direção. Ele possui um currículo maior numa comparação rápida e conta com “Dunkirk”, “Tenet”, “Batman – O Cavaleiro das Trevas”, entre outros, em seu portfólio. Ela, que começou a carreira como atriz, dirigiu “Lady Bird” e “Adoráveis Mulheres” (ambos indicados ao Oscar), tornando-se um grande nome da sua geração.

4 – DESIGN DE PRODUÇÃO

“Oppenheimer” promete ausência total de cenas feitas em CGI (com cenários inseridos digitalmente, feitos com computação gráfica). “Barbie” esgotou o estoque de tinta rosa do mundo, para produzir seus cenários.

O rigor com o design de produção parece ser um dos pontos altos de ambas as produções. Se em “Barbie” o cenário artificial, plástico e colorido (bem como figurino e caracterização) estão a serviço da construção do universo de suas personagens e da narrativa do filme, o mesmo podemos falar sobre “Oppenheimer”, dadas as devidas proporções, já que Nolan recriou o efeito da bomba atômica sem o uso de efeitos visuais.

QUAL FILME LEVA A MELHOR?

A verdade é que “Barbie” aposta num roteiro misterioso, num marketing pesado (e muito bem desenvolvido) e busca abraçar dois públicos: o das pessoas que são fãs da boneca e buscam easter-eggs neste universo cor de rosa (o que tem a ver com nostalgia também) e a comunidade cinéfila (que depois de tanto mistério, quer mesmo saber se é o filme do ano ou não). Já “Oppenheimer” aposta na qualidade técnica que seu diretor sempre entrega, numa história real e polêmica, além de seu elenco de peso.

Ainda é cedo pra dizer qual filme leva a melhor . No entanto, já podemos cravar que quem ganha é o público e a indústria do cinema. Mais que rivalidade, “Barbieheimer” é um shipp de duas grandes produções, que já estão fazendo história em 2023. 

Compartilhe

- PUBLICIDADE -

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LIVES

TODOS OS DIAS

O melhor conteúdo do mundos dos Games para você! São LIVES diárias com os melhores jogos de luta, Últimos Lançamentos, Notícias, Temporadas da “Guerra das Torres (Mortal Kombat)” e da “Guerra das Ruas (Street Fighter)” com os melhores players do momento e muito mais! É só colar e mandar aquele “Salve”