Sonic Superstars tem boas ideias, mas também escorrega em alta velocidade – Análise | Review

Sonic SuperStars

Compartilhe

Sonic Superstars é o jogo mais recente estrelando um dos personagens mais icônicos da história dos videogames. O ouriço azul surgiu nos anos 90 para competir com Mario, o mascote da Nintendo, em uma época em que a SEGA era uma first party, ou seja, tinha seu próprio console. Durante esse período, Sonic conquistou o coração de muitos jogadores, incluindo o autor deste texto.

A SEGA lançou jogos memoráveis ​​para o Mega Drive, contribuindo para as declarações de Sonic como um ícone da indústria de jogos. Entretanto, ao longo do tempo, a SEGA deixou de ser uma first party e passou a focar principalmente no desenvolvimento de jogos. Durante e após essa transição, vimos diversos jogos do ouriço, alguns dos quais eram bastante interessantes, enquanto outros nem tanto. O fato é que Sonic não conseguiu mais atingir o mesmo sucesso de antes e acabou saindo dos holofotes.

- PUBLICIDADE -

Os jogos em perspectiva 3D eram alguns, mas não agradavam a outros, e havia uma demanda por um jogo 2D de alta qualidade. Sonic Mania, lançado em 2017, foi um exemplo positivo nesse sentido, embora com algumas ressalvas. Agora, a SEGA está fazendo mais uma tentativa com Sonic Superstars.

O que é Sonic Superstars?

Sonic

Sonic Superstars é um jogo de plataforma 2D, às vezes 2,5D, com progressão lateral, o famoso side scrolling. Dessa maneira, o ouriço deve, mais uma vez, enfrentar a grande ameaça, o Doutor Robotnik (Eggman), que sequestrou os animais gigantes da ilha da estrela do Norte. Dessa maneira, Sonic, Tails, Knuckles e Amy estão juntos para derrotar os robôs, o cientista maluco e Fang, um velho e ardiloso inimigo deles. 

O game é dividido em vários Atos, e cada um tem em média de 2 a 3 atos, alguns tendo fases específicas. Cada ato também tem um chefe e, a partir daí, você segue tentando pegar todas as esmeraldas, moedas e claro, as famigeradas argolas.

- PUBLICIDADE -

Agora você pode escolher 4 personagens!

Sonic SuperStars

Quem é fã da franquia, conhece os personagens mencionados acima, mas pela primeira vez, você pode jogar com outros 3 amigos ao mesmo tempo, usando eles. Sonic Superstars te dá a oportunidade de jogar com Sonic, Tails, Knuckles e Amy. 

Cada um tem um gameplay diferente e específico. Sonic, por exemplo, tem o gameplay mais habitual, a diferença é que se você pular e apertar novamente o botão de pulo, o personagem faz um dash e pode pegar impulso no chão. O Tails também não é novidade, mas é o personagem que voa, ou seja, se você apertar consecutivamente o botão de pulo, Tails ganhará altura por um tempo. Por sua vez, Knuckles é a força bruta, além de destruir paredes específicas, ele pode planar e escalar paredes. E por fim, Amy consegue fazer um pulo duplo tendo um bom alcance. 

A ideia de poder escolher entre Sonic, Tails, Knuckles e Amy em diferentes fases é, sem dúvida, uma adição interessante ao jogo, pois isso permite que os jogadores explorem as fases de maneira diversificada, considerando as habilidades únicas de cada personagem. No entanto, é importante notar que a jogabilidade dos personagens poderia ter sido mais refinada.

Level Design

Sonic SuperStars

Talvez aqui seja um dos principais problemas do jogo. Sonic Superstars tem níveis extraordinários, ao passo que há também fases irritantes e muito chatas. Ainda há resquícios das mecânicas clássicas ainda do Mega Drive, bem como algumas que foram acompanhando os caminhos do ouriço. Contudo, na mistura disso há boas ideias novas e bem executadas, boas e mal executadas e ideias ruins. 

O modelo de capturar gemas, por exemplo, achei fraco e chato. Sonic precisa utilizar uma espécie de grapling hook (gancho) para ir de encontro a gema. Alguns dos obstáculos podem te impulsionar para frente, outros te jogam pra cima, mas é uma perseguição longa, e muitas das vezes, frustrante. 

Já o outro bônus stage para pegar moedas, que são utilizáveis na loja de customização, é o mesmo estilo de pegar esmeralda no 1º jogo do ouriço, ou seja, um cenário psicodélico girando, com mecânicas para te atrapalhar ou te ajudar (como teleporte, Reverse, aumentar e diminuir a velocidade do giro), entre outros. 

Algumas fases são bem construídas, desafiadoras com chefes divertidos, já outras com péssima evolução, que te pune se você quiser correr como se não houvesse amanhã – e estão o tempo todo te pregando peças pra você perder argolas ou, ainda, a vida. 

Esmeraldas do Poder

Sonic SuperStars

As Esmeraldas do Poder em Sonic Superstars oferecem uma mecânica interessante, onde cada uma delas concede ao jogador habilidades especiais, como saltos poderosos, criação de clones para combater inimigos, revelação de segredos no mapa, capacidade de subir em correntes de água e outros. Eu, sinceramente, achei uma ideia bem bacana, mas quase nunca bem executada. Por exemplo, quando eu lembrava que elas existiam, já tinha passado batido.

Esses poderes podem ser mais úteis para jogadores que desejam completar 100% dos mapas e objetivos do jogo, pois em situações normais, eles não são necessários. Algumas fases notificam o jogador com símbolos indicando a presença de um segredo, mas podem ocorrer com pouca frequência em todo o jogo.

Gráfico, som e performance

Eu, particularmente, achei o gráfico muito bonito. Sonic e companhia estão todos bem caprichados no 3D, muito fofinhos e o cenário segue o mesmo caminho. A criatividade artística me agradou em sua grande maioria, pois temos fases belíssimas e estilosas, indo desde locais desérticos e secos, até debaixo d’água, isso sem contar as fases cibernéticas.

Já a trilha sonora, eu não achei marcante. Uma musiquinha aqui e ali foram agradáveis, mas a maioria não me capturou. E isso me deixou bem triste, pois era uma das coisas que eu mais aguardava nesse jogo, poder curtir e cantarolar os temas sempre muito carismáticos e cativantes, mas não foi dessa vez.

Em relação à performance, o Sonic Superstars roda sem problemas. Contudo, ele ainda apresenta algumas dificuldades nas transições de fase. O jogo também tem alguns problemas de input. Em certas plataformas, quando Sonic está próximo de uma plataforma ou borda, às vezes a resposta do comando falha. Além disso, também presenciei dois bugs graves – em um deles, o Sonic ficou preso em uma plataforma e tive que reiniciar o jogo para resolver o problema. No outro caso, enfrentei um problema ainda mais sério, pois o personagem morria em um local onde não deveria morrer – isso aconteceu quatro vezes.

Gameplay no geral

Sonic Superstars

Ainda encontramos muitos elementos clássicos em Sonic Superstars. A velocidade extremamente alta, as bolhas de proteção, a super força que oferece invencibilidade temporária, as plataformas que te sugam, os loopings repletos de argolas e a recompensa de uma moeda ao coletar 100 argolas para trocar na loja…

A loja, por sua vez, serve para você customizar seu personagem, principalmente para o modo batalha. Esse modo consiste em provas que são disponibilizadas para os jogadores cumprirem. Há fases em que você precisa se manter vivo, outras que você precisa pegar mais estrelas, outras de velocidade, enfim, não é algo revolucionário, muito pelo contrário, enjoa muito rápido, mas é uma tentativa de fazer algo diferente. É aquilo que disse anteriormente: uma ideia boa, mas mal executada. 

Quando você finaliza o jogo, há um desbloqueio de uma nova personagem. Assim sendo, aparece uma opção de uma nova história apenas com ela, mas também com pouca criatividade. Os chefes também entram nessa mesma onda. Uns extremamente bem feitos e divertidos. Já outros são batalhas MUITO longas, com várias fases do mesmo chefe, e muitas delas aleatórias, as quais você fica meio perdido no que fazer. E isso, às vezes, fica bem frustrante. 

Conclusão

Sonic SuperStars

Sonic Superstars acerta em alguns pontos e erra feio em outros. É um jogo que propõe ideias boas, poderes especiais, vários personagens a sua escolha, mas não conta com um level design consistente a todo momento, isso sem falar das fases especiais sem muita criatividade, chefes muito bons, outros bem fracos… Enfim, é um jogo que deveria ser um marco na indústria, mas infelizmente vai passar despercebido.

NOTA: 6.5

Compartilhe

- PUBLICIDADE -

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LIVES

TODOS OS DIAS

O melhor conteúdo do mundos dos Games para você! São LIVES diárias com os melhores jogos de luta, Últimos Lançamentos, Notícias, Temporadas da “Guerra das Torres (Mortal Kombat)” e da “Guerra das Ruas (Street Fighter)” com os melhores players do momento e muito mais! É só colar e mandar aquele “Salve”